Pesquisa links(paginas) - na      
Página principal >> Voltar >> Notícias & Artículos
  Welcome

 Serviços
» Anunciar Aqui!
 Links:
» Adicionar link,sites!
» Recomenda-nos
» Lembrar-nos
» Sites popular
» Novos sites
» Sites na top
» Qualquer - Random
 Notícias & Artículos:
» Adicionar notícias/articulos
» Notícias & Artículos popular
» Notícias & Artículos novas
» Notícias & Artículos Pick
» Notícias & Artículos na top
 Outros:
» Compra e Venda
» Amizade - Encontros
» Angolanos: Bate Papo
» Música Angolana
» Musica Angolana
 Novidades
A oportunidade de ser jornalista
Jornalistas não são mais donos das informações, da fonte.Se você tem interesse em divulgar notícias ou articulos .:. Angolanos.Net .:. esta a sua desposição.
Como membro, tens a liberdade de Adicionar/colocar articulos e noticias de Angola ou de alguma forma relacionados com Angola. Completamente grátis, levantar uma questão, um novo tema, algo que aches que merece ser discutido entre nos.

 Novos Sites
Angolabela
Site Em Angola - Mais Barato E Rápido
Welcome To Angola
Diabetes
Esquizofrenia
Jiankun Ltd
Shoppingluanda.com
Ansiedade
Epilepsia
Insónia
 Sites na top
Radioculturaangolana - Downloads - Musica
Don Kikas
Canalangola.net
Mc Ghandhaf
Maison D'art Carla Peairo
Erica Nelumba
Companhia De Dança Contemporânea De Angola
Portal Da Amizade - Em Portugues
Cidadeluanda.
Luandaonline
 Sites popular
Radioculturaangolana - Downloads - Musica
Downloads Musicas
Angodownload - Baixa Musica Angolana
Diversos Sites De Sexo
Don Kikas
Amizade De Angola
Palop Sounds
Angola Top Music.net
Canalangola.net
Bissemanario Folha 8
 Notícias & Artículos popular
José Eduardo dos Santos
Prostituição invade ruas da cidade de Luanda.
A fortuna de Savimbi
Há racismo na Discoteca Bingo, noticia o Jornal Agora
Nova Constituição de Angola
Micaela Reis - Miss Angola 2007 em Mexico
As garimpeiras do sexo
Devido a criação do museu dos diamantes em Luanda
Mercado de venda automóvel cresce em Angola
Bomba de água angolana
 Notícias & Artículos Novas
Filhos de JES com inclinação a música
Angola não coopera com organismos de direitos humanos
Salário mínimo em Angola vai aumentar a 1 de maio
Angola fez muitos progressos em Dez anos de Paz
Seguro automóvel obrigatório
A angolana Leila Lopes är miss universo 2011
Angola tem novo modelo de compra e venda de diamantes
Excesso de velocidade mata 12 pessoas em Luanda
Consulado de Angola em França lança sistema de vistos online
Empresário português deportado de Angola
 Notícias & Artículos na top
Devido a criação do museu dos diamantes em Luanda
José Eduardo dos Santos
A fortuna de Savimbi
Micaela Reis - Miss Angola 2007 em Mexico
Há racismo na Discoteca Bingo, noticia o Jornal Agora
Angola petróleo e a China

Areia
Bomba de água angolana
Pepeta
 Palavras mais pesquisada
automoveis
imobiliaria apartamento
apartamentos
roupas
casamento de celso roberto
gamek
despachante
novais
religiões
Laboratórios fotográficos
 Contacta-nos

Email:

Nome:

O codigo

Escreve o codigo

 Radio National de Angola



Prostituição invade ruas da cidade de Luanda.
Durante semanas a fio andámos pelas ruas de Luanda, para percebermos o mundo das prostitutas.

 
 Attached Pictures 
Clique

 Nalgumas zonas, o visual das “meninas da vida desprevenida” atrai até o mais distraído dos homens. Noutras áreas a falta de higiene afugenta os clientes. As meninas menos higiénicas são encontradas junto à zona da Chicala, à entrada da Ilha de Luanda, na parte traseira da Fortaleza, e noutros pontos da Baixa da cidade.

Junto à discoteca Zorba e por trás do Hotel Turismo, às portas da discoteca D. Quixote, na Baixa da cidade, é possível encontrar as prostitutas mais caras, com roupa de “grife”, perfume de marca, sobretudo às sextas-feiras. Outro “ponto de encontro” é a discoteca W-Club (ex-Chiwawa), ao Miramar.

Os preços que as “prostitutas de luxo” praticam só assustam quem lida com a situação pela primeira vez. O preço de “uma rápida”, ronda os quatro mil kwanzas. As meninas só reduzem o preço, se ao cair da madrugada tiverem registado pouca clientela. Carros de quase todas as marcas e modelos, até dos mais caros, são vistos a altas horas da noite a circularem pela cidade à procura de prostitutas. O serviço de uma prostituta, por noite, pode custar até cem dólares.

A Polícia Nacional anda a “travar” o negócio nas ruas de Luanda, mas elas têm meios sofisticados para escapar dos agentes policiais.

Na noite de uma sexta-feira, junto à discoteca Palos, parámos a viatura, respondendo ao sinal de uma prostituta. Durante a conversa, Ana D. soltou uma carta importante do seu baralho de segredos: “se concordares, ficamos numa boa em minha casa e sempre que quiseres é só me ligar. Assim, evitas procurar gajas em vão”. E disse mais: “se quiseres um trabalho bem completo, incluindo strip tease, podemos negociar outro preço”.

Descobrimos que funciona um circuito de prostituição ao domicílio, e Ana D. está nesse circuito. Os aposentos são no Bairro Azul. A mobília é de qualidade. Ana disse que deixou de trabalhar há dois meses numa loja de roupas. Para “curtir” com um cliente durante uma noite, na sua casa, a jovem prostituta cobra 150 dólares. Revelou que nem sempre é possível cobrar tal preço, “tudo depende das circunstâncias”, frisou com um sorriso atraente.

Paula veste mini-saia preta e uma blusa da mesma cor. Tem cabelos longos e voz afectuosa: “se não és medroso podemos ir para minha casa, mas vais pagar 100 dólares”. Paula diz que “atende” nove clientes por dia, e ainda lhe sobra a noite para um “serviço especial”.

Mora no Bairro Mártires de Kifangondo e a casa tem uma decoração avermelhada e romântica. É tudo muito limpo e asseado. Põe um CD de Celine Dion e logo a seguir avança Bonga. Paula garante que a sua família não sabe da sua vida e nem sempre anda no “negócio”.

Tal como a Ana, Paula exige sempre aos clientes o preservativo: “não é qualquer um que trago a casa. Às vezes o coração dá um palpite que vale a pena e nunca me enganei ”.

A nossa reportagem registou casos semelhantes de prostitutas que praticam o serviço/negócio do sexo no domicílio, particularmente às sextas-feiras e sábados. Aos domingos, a maré é baixa e quase não aparecem clientes.

O importante é saber as causas

O sociólogo José Garcia Lencastre disse que “na nossa sociedade a prostituição tem uma imagem negativa” e uma das consequências para quem pratica este estilo de vida é dificilmente verem-se livres do passado, quando abandonam a prostituição.

A prostituição em Angola tem causas económicas, assegura o sociólogo, apontando que devido à guerra, muitas mulheres perderam os maridos e não conseguem, com o salário que auferem, sustentar a família.

A prostituição em Angola não consta das profissões reconhecidas legalmente. A sua prática é ilegal, disse José Garcia Lencastre. Por isso, as mulheres que assim procedem não têm acompanhamento médico.

“Estamos a entrar nas consequências que esta prática pode trazer porque elas não sabem com quem se estão a prostituir e correm o risco de se infectarem com o VIH/Sida. Muitas não usam métodos de prevenção contra inúmeras doenças venéreas, seja nas ruas de Luanda ou no mercado Roque Santeiro”.

Recuperar prostitutas

José Garcia Lencastre vai mais longe ao afirmar que as autoridades devem tomar medidas, entre oficializar ou impedir. “Mas, não vai ser fácil”, reconheceu, referindo que “se temos a actividade das kínguilas que é ilegal e ninguém consegue legalizar, quanto mais pretender legalizar a prostituição”. Recuperar as prostitutas, dando formação profissional e enquadrá-las no mercado de trabalho para auferirem salário, incentivando-as a abandonar a actividade, é uma das saídas sugeridas por José Garcia Lencastre. É caso para dizer que a repressão policial, por si mesma, não resolve o problema.

A palavra de Deus

“Há pessoas que têm dinheiro e gastam-no na prostituição. A prostituição tem tornado muitos pobres em grandes ricos, em magnatas. Hoje, a prostituição tem quase o mesmo valor do diamante ou do petróleo. A Bíblia não aprova tal acto, até porque a Bíblia diz que a prostituição é impureza e Cristo veio para a purificar”, diz o reverendo Francisco Domingos Sebastião, da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal.

Segundo o reverendo, quando Jesus Cristo diz: “Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens”, está justamente a apontar para esta impureza. A única forma de salvar este “peixe” que está quase em estado de putrefacção é salgar com a palavra de Deus.

A igreja não é a favor da prostituição e o seu trabalho é purificar os impuros por meio da pregação do evangelho de Jesus Cristo, acrescenta o reverendo Francisco Sebastião. E refere que o apóstolo S. Paulo aconselhou os cristãos a afastarem-se da prostituição.

A prostituição é condenável diante de Deus, assegura o reverendo, porque quando Deus fez o homem e a mulher dizendo que estarão juntos até que a morte os separe, não fez duas ou três mulheres para Adão, mas apenas uma, logo, Deus, a partir deste pressuposto, não aprova o envolvimento extraconjugal.

Francisco Domingos Sebastião esclareceu que Deus apenas reconhece o casamento monogâmico. A monogamia é o princípio de Deus: um homem e uma mulher. E o apóstolo Paulo reforça este pensamento, quando diz que há realmente coisas que o têm preocupado por causa da prostituição, aconselhando que cada mulher tenha o seu próprio marido e cada homem tenha a sua própria mulher.

A expressão “própria” aponta para exclusividade, uma particularidade, titularidade, e não uma mistura, diz o prelado pentecostal, porque a sociedade angolana procura inculcar nos seus cidadãos uma nova cultura de promiscuidade, mas a promiscuidade não é a orientação que encontramos na palavra de Deus e não é aprovado.

“Temos certeza que a própria sociedade não aprova a prostituição, porque não encontramos pessoas que se prostituem abertamente, fazem isso escondidamente e se assim procedem é por saberem que a sociedade não aprova”.


Fonte:Jornal de Angola    


 Info 

:: Leitores este més: 47211 :: Leitores total: 47211 ::
:: Escrever comentarios
:: Recomenda-nos
:: Emprimir esta Notícia - Artículo

 Categoria 
Articulos

 
 

 Comentarios 
eu respeito mais a estas do que as caseiras que fingem ir a faculdade como grandes estudantes e ser grandes esposas mas vão para os hoteis da cidade de Luanda com senhores mais velhos do que os pais, com maior incidencia para mulatas que são as de vida facil sem trabalhar ! até as mães sabem o tipo de vida que levam e continuam coniventes porque para quem não trabalha e exibe a mãe um celular de 2000 usd e carros de 150.000 usd e casa quer alugada ou comprada alguem esta por detras delas e na maior parte das vezes em troca recebe o virus hiv desculpe mas as familias angolanas tem de despertar se não daqui a pouco não teremos futuro porque os jovens angolanos morrem mais em relação aos adultos e existem até velhos com poder financeiro a destruir familias é disto que temos de nos preocupar e na minha opinião não com aquelas que ja se declararam publicamente como prostitutas Victor Vicente
Comentante :Victor Vicente
Data: 18-04-2012

É DE FACTO LAMENTAVEL SO QUE EXISTE AS PROSTITUTAS PROFISSIONAIS E AS PRAZEROSAS MAIS O FIM É O MESMO. ACABAR COM ISTO NUNCA SO TALVEZ COM O FIM DA RAÇA HUMANA, JUSTIFICATIVA PORQUE DEUS E O DIABO ANDAM NUMA LUTA CONSTANTE DE DOMINIO E QUEM PAGA OS SERES HUMANOS NATURALMENTE. O QUE FAZER É TAO SOMENTE SENSIBILIZAR ESTAS MOÇAS PARA O PERIGO QUE CORREM E NADA MAIS A FAZER
Comentante :neto
Data: 20-07-2011

Vamos deixar as nossas princesas á vontade, a perseguida é delas.
Comentante :Malanjino nervoso
Data: 22-04-2010

 Mais Artículos do mesmo editor 
Há racismo na Discoteca Bingo, noticia o Jornal Agora
Edifício da Investigação Criminal Angolana desaba em Luanda
Prostituição invade ruas da cidade de Luanda.
Holden Roberto morreu «sem o reconhecimento devido»
«Os sapatos do defunto»
Agualusa considera Agostinho Neto 'poeta medíocre'
Consulado de Angola em França lança sistema de vistos online
Savimbi continuará a ser a nossa luz - Domingos Maluca
Filhos de JES com inclinação a música
Nigéria compara o nosso país ao ex-Zaíre de Mobutu

 Mais Notícias & Artículos 
Proxima categoria na(o) Articulos
Categoria anterior Articulos
Proxima em qualquer categoria
Anterior em qualquer categoria
  Angola Music
www.radioangola.net

  Radio National de Angola

Fonte de noticias



































RSS Feeds - Links
New links
Editor's pick
Popular links
RSS Feeds - Articles
New articles
Editor's pick
Popular articles















Recomenda-nos       Popular      Novo     Anúnciar no Angolanos.net    Top    Qualquer    Envie-nos links


Copyright©20031 Angolanos.net - Todos os direitos revervados.